Tia Eron [BLOG OFICIAL]

É a Bahia no Coração

Deputada federal Tia Eron (PRB-BA) chama atenção para a importância da denúncia em casos de violência contra a mulher

Deixe um comentário

A luta contra todas as formas de violência contra a mulher é uma missão diária e incansável. Dois casos recentes, um de repercussão nacional e outro em Salvador, nos encoraja a permanecer no enfrentamento, e nos faz refletir sobre nosso papel, em levantar essa bandeira há tantos anos, contra a violência, e a cultura do machismo, mazelas que insistem em perdurar em nossa sociedade.

No estado da Bahia, todos os dias 37 mulheres denunciam que são vítimas de violência física, de acordo com as estatísticas da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA). Só este ano, cada Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Salvador, recebe, em média, 23 denúncias diárias.

Queremos aqui repudiar o caso lamentável, ocorrido no último domingo, quando a cantora Aiace Félix foi brutalmente agredida por um taxista, com socos e até uma tentativa de atropelo, após reagir ao assédio do mesmo, no bairro do Rio Vermelho. Felizmente, nesse caso a Justiça foi feita. O agressor identificado como Antônio Ricardo Rodrigues Luz, de 35 anos, foi encaminhado para o sistema prisional, depois de passar por uma audiência de custódia, na manhã desta terça-feira (5), e depois de ter tido sua prisão em flagrante convertida em prisão preventiva.

No entanto, não podemos deixar de relatar um episódio lamentável nesse caso, o fato da vítima ter tentado registrar o crime na DEAM e não ter conseguido, sendo encaminhada a outra delegacia, sob alegação de que somente casos amparados pela Lei Maria da Penha fossem registrados. E só após repercussão na imprensa, é que a Secretaria da Segurança admitiu o erro, e afirmou que, qualquer mulher, seja qual for à natureza da agressão, pode e deve ser atendida e acolhida nas DEAMs. Nossa luta é também para que nossas instituições e nossa rede de atenção estejam devidamente preparadas para acolher as vítimas.

O caso de repercussão nacional, da modelo e atriz Luiza Brunet, também é repugnante, e revela que a violência contra a mulher está em todas as camadas da sociedade, e em todas as classes sociais. Aponta ainda para o fato de quão importante é a denúncia, logo após o ato de agressão. É preciso vencer barreiras como medo, vergonha, e tomar uma atitude de imediato. O agressor que não é impedido de agir continuará agredindo.

Tia Eron, Deputada Federal e presidente do PRB Bahia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s