Tia Eron [BLOG OFICIAL]

É a Bahia no Coração

Tia Eron promove um marco para comemorar Dia Nacional da Consciência Negra

Deixe um comentário

IMG_6401

Um marco para a Câmara Federal. Assim foi a primeira sessão solene realizada na Casa que lembrou nesta quinta-feira (19), na Câmara dos Deputados, o Dia da Consciência Negra (20 de novembro). A sessão presidida pela Deputada Federal Tia Eron contou com participações de autoridades brasileiras e internacionais como a ministra das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, Nilma Lino, a Consulesa da França Alexandra Loras e o Embaixador do Mali no Brasil Mamadou Traore, onde o tom da sessão seguiu como uma grande aula de história e lição de igualdade e equidade racial.

Proponente da sessão a Deputada Tia Eron destacou a importância da proclamada pela ONU ‘Década Internacional de Afrodescendentes’ e a importância da cooperação regional, nacional e internacional em relação aos plenos direitos bem como a participação plena e igualitária em todos os aspectos da sociedade. Destacou que ainda a questão a racial é vista como uma pauta dispensável. “Temos vários artistas e celebridades vítimas de racismo, mas quero chamar a atenção porque esse é o dia a dia dos nossos cidadãos. O Congresso não pode se furtar de discutir o racismo, nem pensar que a pauta se esgotou depois do Estatuto da Igualdade Racial. Muito pelo contrário. Tais atos envolvendo nomes como a atriz Taís Araújo, a jornalista Maria Júlia Coutinho e o jogador Daniel Araújo são atos abundantes, e explícita ou inconscientemente, marcam o dia a dia de um e de todos os negros.” – destacou Tia Eron.

Em sua palestra a Consulesa Alexandra Loras destacou a importância de ajuda mútua devido à naturalização do racismo, a falta de educação nas escolas sobre a história e suas mazelas como o Zoológico humano que funcionou de 1800 a 1958. “Não é ser uma super mulher, mas ser a melhor versão de eu mesma sendo negra. Eu tive que lutar contra as minhas próprias vozes, porque quando eu quis ir estudar na melhor escola da França eu tive que lutar com a minha própria voz que me falava ‘mas como você vai poder estudar lá? Você acha que pode pertencer a essa elite?’ A minha mente me fazia pensar que eu não merecia entrar naquele ambiente, assim eu vi que é muito importante empurrar as portas para nossas crianças negras nas escolas e nas faculdades.” Ainda na questão do racismo Loras destaca que o Brasil se nega a enxergar o que está escancarado diariamente a vistas de todos “O Brasil ainda não quer se olhar no espelho. Onde estão os negros nos bancos executivos? Na televisão, a negra é a faxineira. Temos uma estigmatização muito forte do negro, que é sempre o criminoso, o traficante de drogas”.

A sessão solene foi em conjunto com o Senado Federal e contou também com a presença da deputada Benedita da Silva (PT-RJ), o deputado Luiz Alberto (PT-BA), o deputado Damião Feliciano (PDT-PB), a senadora Regina Sousa (PT-PI), o embaixador do Mali Mamadou Troier, o Cônsul do Mali Gerard Scerb, o procurador do Ministério Público do Trabalho Wilson Prudente, a presidente da FREAFRO Silvana Saraiva o diretor da FEAFRO Rodrigo Braga, entre outras autoridades.

Por Carolina de Andrade
Foto: NACOM

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s