Tia Eron [BLOG OFICIAL]

É a Bahia no Coração

Salvador promove campanha contra a Hepatite

Deixe um comentário

Passar informação com criatividade e assim esclarecer as pessoas sobre a prevenção, tratamento e os riscos de contração da Hepatite, doença silenciosa que atinge o fígado. Foi desta maneira que o projeto “Mulheres em Ação”, realizou durante a manhã desta terça (28), na praça Newton Rique próximo ao Shopping da Bahia, uma campanha para chamar atenção da população de Salvador sobre a gravidade da doença.  No Dia Mundial de Luta contra a Hepatite, as voluntárias entraram na luta passando a informação de forma ilustrada e descontraída com o apoio de painéis, faixas e cartazes, além da distribuição de panfletos.

A Hepatite é uma doença infecciosa que causa o comprometimento da função do fígado.  Para se ter ideia, de acordo com a Organização Mundial da Saúde,  a do tipo B faz cerca de 700 mil vítimas por ano no mundo, sendo que  já são contabilizados cerca de 2 bilhões de pessoas infectadas. Os especialistas alertam também que a cada ano, morrem 1,4 milhão de pessoas vítimas do vírus da Hepatite. A doença é tão alarmante quanto a AIDS que só em 2013, matou 1,5 milhão de pessoas. Fazendo um paralelo entre as duas doenças, é fácil entender a real gravidade do caso.

Nas palestras realizadas hoje em Salvador, a população ficou sabendo que existe a prevenção. No caso da Hepatite B a vacinação é obrigatória nas crianças durante as primeiras horas após do parto, a segunda dose acontece 30 dias depois e a terceira, seis meses depois da primeira. O governo oferece gratuitamente vacinação para todos os jovens com até 19 anos de idade.  Como apoiadora do evento, a deputada federal Tia Eron (PRB-BA) destacou que gestos simples da população podem ajudar a diminuir o número de casos da doença. “A transmissão da doença pode acontecer devido ao compartilhamento de escova de dente e instrumento de manicure sem esterilização. A doença também pode ser transmitida entre usuários de drogas ou durante a colocação de tatuagens e de piercings, então é preciso se proteger para não ficar doente”, revela a deputada.

Já a advogada Rogéria Santos, coordenadora do projeto “Mulheres em Ação” ressaltou que a atividade educativa é mais uma ação social desenvolvida pelo Partido Republicano Brasileiro-PRB com a intenção de promover uma sociedade sadia e sem risco de contração de doenças.  “A Hepatite é uma epidemia tão silenciosa que em cada 12 pessoas, no mundo, uma está infectada e o pior é que nem sabe”, disse. No Brasil, cerca de 6 milhões de pessoas são portadoras do vírus das hepatites B ou C. Trata de doenças assintomáticas e silenciosas que podem evoluir para a cirrose ou para o câncer de fígado, levando o portador do vírus a morte.

Por Noel Tavares

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s